Francisco Stockinger (Xico Stockinger)

Nascido em Traun, 7 de agosto de 1919 é um escultor, gravurista e chargista austríaco naturalizado brasileiro.

Em 1921 emigrou com a família para o Brasil, para Santo Anastácio, no interior de São Paulo. Em 1929 a família veio para a capital e Xico foi estudar no Colégio Mackenzie.

Monumento na esquina das ruas Ladeira e Sete de Setembro, década de 90, Porto Alegre

Monumento na esquina das ruas Ladeira e Sete de Setembro, década de 90, Porto Alegre

Em 1937, transferiu-se para o Rio de Janeiro e ingressou no Aeroclube do Brasil, um sonho de infância. Em 1939 entrou para a Navegação Aérea Brasileira, fez curso de vôo por instrumentos e diplomou-se em  meteorologia, na primeira turma de nível superior do país.

Iniciou os estudos artísticos no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro em 1946. No ano seguinte foi apresentado a Bruno Giorgi e passou a trabalhar em seu estúdio.

Em 1954 mudou-se para Porto Alegre, fez xilogravura e diagramação para jornal, bem como caricaturas. Naturalizou-se brasileiro em 1956 e, no mesmo ano, foi eleito presidente da Associação Rio-Grandense de Artes Plásticas Francisco Lisboa, cargo para o qual foi reeleito por duas vezes, em  1957 e 1978. Em 1961 fundou e foi o primeiro diretor do Ateliê Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Em 1967 tornou-se diretor da Divisão de Artes do Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura do Rio Grande do Sul e diretor do Museu de Arte do Rio Grande do Sul.

Em 1974 foi submetido a cirurgia cardíaca em São Paulo, contraiu hepatite pós-operatória, sendo obrigado a fazer repouso. Nessa época, começou a cultivar cactos, atividade na qual é uma das autoridades na América Latina..

Em 1978, realizou escultura em madeira e ferro, medindo 1,10 m e pesando 25 kg, para ser presenteada ao chefe do governo alemão pelo presidente Geisel, quando da sua visita à República Federal da Alemanha. No mesmo ano criou escultura para ser instalada na Praça da Sé. No ano seguinte, realizou obra em mármore, oferecida pelo presidente Figueiredo ao primeiro-ministro Trudeau, do Canadá.

Em 1986 foi operado pela segunda vez das coronárias, em São Paulo. Com mais de 80 anos de idade, Xico Stockinger continua ativo e produzindo.

 

Exposições, participações em salões e premiações

Xilogravura, 1954, Acervo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli, Porto Alegre

Xilogravura, 1954, Acervo do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli, Porto Alegre

  • 1948 - Salão Nacional de Belas Artes, Divisão Moderna - Medalha de Bronze, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1949 - Salão Nacional de Belas Artes, Divisão Moderna - Medalha de Prata, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1950 - Exposição Coletiva de Escultura. Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1951 - Salão da Câmara Municipal do Distrito Federal, Rio de Janeiro/DF - Diploma de Alto Mérito.
  • 1952 - I Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro - Membro do Júri de Salão e Premiações.
  • 1954 - III Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro/RJ - Salão da Câmara Municipal do Distrito Federal, Rio de Janeiro/DF - Medalha de Ouro.
  • 1957 - Salão da Câmara Municipal de Porto Alegre, Porto Alegre/RS - 1 ° Prêmio em Gravura.
  • 1959 - Exposição Individual de Xilogravuras. Pequena Galeria da Biblioteca Pública Municipal de Salvador/BA.
  • 1960 - I Festival de Artes Plásticas da Divisão de Cultura do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS - 1 ° Prêmio em Escultura.
  • 1960 - Exposição Individual de Gravura. Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS. Salão de Arte Cristã. Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS - 1 ° Prêmio.
  • 1961 - XVI Salão Municipal de Belas Artes, Belo Horizonte/MG - 1 ° Prêmio em Escultura. Exposição com Marcelo Grassmann. Galeria de Arte São Luiz, São Paulo/SP.
  • 1961 - VI Bienal Internacional de Arte de São Paulo.
  • 1961 - Exposição Individual na Galeria de Arte São Luiz, São Paulo/SP.
  • 1961 - Exposição com Marcelo Grassmann. Petite Galerie, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1961 - Salão de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS - 1 °. Prêmio em Escultura. Bienal de Garrara, Itália - Representante do Brasil.

Monumento a Carlos Drummond de Andrade e Mário Quintana, na Praça da Alfândega, obra de Francisco Stockinger

Monumento a Carlos Drummond de Andrade e Mário Quintana, na Praça da Alfândega, obra de Francisco Stockinger

  • 1962 - Bienal de Carrara, Itália - Representante do Brasil.
  • 1963 - I Salão Cidade de Porto Alegre - 1 ° Prêmio em Escultura.
  • 1963 - XII Salão Paulista de Arte Moderna - Medalha de Ouro.
  • 1963 - XXI Salão Paranaense de Belas Artes, Curitiba/PR - Medalha de Ouro.
  • 1963 - Instalação da escultura em bronze "Dona Veridiana" em praça pública da capital de São Paulo. Obra encomendada pelo embaixador Assis Chateaubriand.
  • 1963 - VII Bienal Internacional de Arte de São Paulo.
  • 1964 - Exposição Individual, sob o patrocínio do Instituto Cultural Brasileiro-Alemão, Porto Alegre/RS.
  • 1964 - "Exposição de Arte Brasileira" na Europa, sob os auspícios do Itamaraty - Artista convidado.
  • 1964 - Exposição Individual na Galeria São Luiz, São Paulo/SP.
  • 1965 - Exposição Individual na Galeria Lakar, Porto Alegre/RS.
  • 1965 - Salão Comparaison, Mostra de Arte Brasileira. Paris, França, itinerando para Lisboa e Praga.
  • 1965 - VIII Bienal Internacional de Arte de São Paulo.
  • 1965 - Exposição Individual, comemorativa a seus vinte anos de atividade artística. Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.
  • 1966 - I Bienal Nacional de Artes Plásticas, Sala Especial, Salvador/BA - Prêmio Aquisição.
  • 1965 - Exposição Individual de Cerâmicas e Esculturas. Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.
  • 1965 - Exposição Individual de Cerâmicas e Esculturas. Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.
  • 1965 - Exposição Individual de Esculturas e Desenhos. Galeria Bonino, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1965 - "Arte Hoje no Rio Grande do Sul." Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.
  • 1965 - XXIII Salão Paranaense de Belas Artes, Curitiba/PR - Prêmio Aquisição.
  • 1967 - Escultura Moderna Brasileira, Casa de La Paz, Cidade do México, México.
  • 1968 - Exposição Individual. Galeria Mirante das Artes, São Paulo/SP.
  • 1969 - Mostra Comemorativa "Cinqüenta Anos de Vida". Galeria Portinari, Instituto de Idiomas Yazigi, Porto Alegre/RS.
  • 1970 - Exposição Individual de Esculturas em Mármore. Galeria Documenta, São Paulo/SP.
  • 1970 - I Salão de Artes Visuais. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.
  • 1970 - Exposição Individual. Galeria Mirante das Artes, São Paulo/SP.
  • 1972 - Exposição Individual de 1970 - Esculturas. Galeria Bonino, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1973 - Um dos dez convidados para o 1° Encontro de Escultores Comemorativo ao Sesquicentenário de Aleijadinho, Ouro Preto/MG.
  • 1975 - Convidado especial na Mostra de Cerãmica Artística. nnuseu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.
  • 1975 - Bienal da Pequena Escultura, Budapeste, Hungria - Representante brasileiro.
  • 1975 - III Salão de Artes Visuais, Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Membro do júri.
  • 1976 - Exposição Individual de Esculturas. Galeria de Arte da Casa do Brasil, Roma/Itália.
  • 1977 - Exposição Individual de Desenhos, Esculturas e Múltiplos na Oficina de Arte, Porto Alegre/RS.
  • 1977 - IV Salão de Artes Visuais. Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Fundação Nacional de Arte - FUNARTE - Membro do júri de seleção e premiação.
  • 1978 - Exposição Individual de Esculturas. Galeria B-75, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1980 - Mostra comemorativa "Homenagem a Xico Stockinger". Galeria de Arte do Centro Comercial de Porto Alegre, Porto Alegre/RS.
  • 1980 - Exposição Individual de Esculturas. Bolsa de Arte, Porto Alegre/RS.
  • 1980 - I Feira do Pequeno Bronze. Centro Municipal de Cultura, Porto Alegre/RS. 1981 - Exposição Inaugural. Galeria Tina Presser, Porto Alegre/RS.
  • 1980 - Exposição Individual. Galeria Aktuell, Rio de Janeiro/RJ.
  • 1980 - Escultura ao Ar Livre, II Festival de Verão de Guarujá, em São Paulo.
  • 1983 - Exposição de Arte Erótica, juntamente com Vasco Prado. Galeria Tina Presser, Porto Alegre/RS. Exposição Individual de Esculturas. Galeria Ponto d'Arte, Santana do Livramento/RS.
  • 1980 - Exposição Coletiva "Escultores Gaúchos". Galeria Skultura, São Paulo/SP, por ocasião do lançamento do livro "Escultores Contemporâneos do Rio Grande do Sul", de Armindo Trevisan.
  • 1980 - II Mostra de Escultura. Centro Municipal de Cultura, Porto Alegre/RS - Artista homenageado.
  • 1984 - V Salão Paranaense de Cerãmica, nCuritiba/PR - Membro da comissão julgadora.
  • 1985 - Exposição Individual de Mármore,. Galeria de Arte Paulo Figueiredo, São Paulo/SP.
  • 1985 - Exposição "Destaques da Arte Brasileira". Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo/SP - Artista convidado.
  • 1985 - Exposição Individual de Escultores em Mármore e Ônix. Galeria Tina Presser, Porto Alegre/RS. XVIII Bienal Internacional de São Paulo - Artista convidado.
  • 1985 - Panorama de Arte Tridimensional. Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo/SP - Participação especial.
  • 1986 - Organiza exposição comemorativa dos 80 anos de Bruno Giorgi, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_Stockinger